agende sua consulta
telefone
11 3266-2418
11 3266-2112
whatsapp
11 98752-2272

Cirurgia Plástica & Transplante Capilar | Dr. Fabrício Ribeiro

AGENDE SUA CONSULTA
11 3266-2418
11 3266-2112
Whatsapp11 98752-2272
Assista a entrevista com Dr Fabrício no Jornal da Record !

Assista a entrevista com Dr Fabrício no Jornal da Record !

Avaliação Online Transplante FUE

    Blog Transplante Capilar Dr. Fabricio Ribeiro

    Transplante capilar x implante capilar: entenda a diferença

    18/07/2017 | FUE, FUT, Implante capilar, Transplante Capilar

    Os cabelos são parte fundamental na vida de homens e mulheres, mesmo as pessoas menos vaidosas. Com um bom corte ou bom penteado, você pode sentir-se mais confiante, independentemente do lugar ou da hora. Mas quando os fios começam a cair mais do que o normal, o que fazer? Nos casos mais graves, nem sempre o tratamento para crescer cabelo clínico surtirá efeito, e será preciso optar, perante avaliação médica, pelo processo cirúrgico.

    Nesse momento, a dúvida encontra-se na escolha entre dois métodos: implante e transplante de cabelo. Muito embora ambos sejam procedimentos operatórios relativamente simples, há diferenças básicas antes, durante e após a cirurgia. É importante salientar que a escolha é sempre do profissional que realizará a técnica, pois existem certos critérios que influenciam no resultado, como idade, condições médicas (doenças cardíacas, por exemplo) e a possibilidade de oferecer uma área doadora ideal.

    Powered by Rock Convert

    Implante capilar

    Esta é uma técnica que consiste em implantar fios artificiais no couro cabeludo a fim de corrigir falhas causadas por cicatrizes ou calvície. A grande dificuldade desse procedimento, no entanto, é evitar que o organismo rejeite o material utilizado, o que torna o pós-cirúrgico ainda mais delicado. Graças à tecnologia, foi possível confeccionar fios capazes de diminuir o índice de rejeição, a chamada biofibra: fios semi-sintéticos muito parecidos com os cabelos, que são usados no mundo todo. No Brasil, este é um método ainda em estudo, o que torna o implante capilar muito menos comum e, em relação a valores, bastante inviável.

    Transplante capilar

    Diferentemente do implante, este é um método que retira unidades foliculares do próprio paciente para recuperar áreas afetadas pela queda de cabelo, ou seja, é requisitado que se tenha uma região doadora favorável: sem falhas e capaz de oferecer folículos capilares saudáveis para serem transplantados; normalmente, é utilizada uma faixa do próprio couro cabeludo que não sofre com a disfunção.

    Esse procedimento é mais utilizado no país, pois diminui quase que completamente a probabilidade do organismo rejeitar os fios, além de proporcionar uma recuperação tranquila ao paciente e resultado mais natural. Entretanto, existem duas variações de transplante capilar: FUE e FUT. Menos recorrente, o FUT (Follicular Unit Transplantation) retira uma faixa do couro cabeludo para obter as unidades foliculares, ou seja, resulta em uma pequena cicatriz linear, que pode incomodar o paciente em relação à estética e prolonga um pouco a cicatrização; já o FUE (Follicular Unit Extraction) utiliza um instrumento chamado punch, que retira os fios individualmente e não deixa cicatrizes aparentes, além de facilitar bastante o pós-cirúrgico. De todo modo, o primeiro passo é consultar um profissional especializado para que ele possa definir o tratamento para queda de cabelo, seja clínico ou cirúrgico. Caso necessite de implante ou transplante capilar, cerca de seis meses depois, você poderá ver os resultados aparentes.

    Powered by Rock Convert

    
    WhatsApp Chame no WhatsApp!