agende sua consulta
telefone
11 3266-2418
11 3266-2112
whatsapp
11 98752-2272

Cirurgia Plástica & Transplante Capilar | Dr. Fabrício Ribeiro

AGENDE SUA CONSULTA
11 3266-2418
11 3266-2112
Whatsapp11 98752-2272
Assista a entrevista com Dr Fabrício no Jornal da Record !

Assista a entrevista com Dr Fabrício no Jornal da Record !

Avaliação Online Transplante FUE

FALE COM O DR. FABRÍCIO

Blog Transplante Capilar Dr. Fabricio Ribeiro

Implante Capilar

Diversos motivos podem levar as pessoas a perder cabelo. Doenças endócrinas, predisposição genética, alterações psicológicas, hábitos alimentares, deficiência de ferro no organismo, doenças autoimunes e alterações na estrutura capilar são apenas alguns exemplos das causas que levam à queda dos fios, e em situações irreversíveis, nas quais o cabelo não responde ao tratamento realizado por meio de medicação, o implante capilar pode ser a solução mais adequada.

O implante capilar, cujo nome mais adequado é transplante capilar, é um procedimento que surgiu na década de 1930, no Japão, quando o dermatologista Dr. Shoji Okuda desenvolveu um método que utilizava pequenos enxertos de couro cabeludo para a reconstrução das áreas atingidas por queimaduras, a fim de ajudar os feridos da guerra.

Apesar de ter sido uma ideia bastante avançada para a época, seus resultados se perderam durante a guerra e apenas em 1950 foi retomada. Neste período, o dermatologista Dr. Norman Orentreich a aperfeiçoou para ser usada em casos de calvície, pois percebeu, em seus estudos, que os fios que não tinham o código genético da calvície quando transplantados em uma área atingida pela disfunção, conseguiam manter suas características. Os resultados, no entanto, ainda eram pouco naturais se comparados aos atuais.

Em 1994, foi descoberto, então, o detalhe que faltava para a completa profissionalização do implante capilar: a unidade folicular. A partir disso, os cirurgiões puderam começar a implantar unidades foliculares, garantindo um resultado bastante natural sem causar lesões desnecessárias à área doadora.

Qual é a diferença entre implante e transplante capilar?

O implante capilar é um procedimento cirúrgico feito com cabelos artificiais, enquanto o transplante capilar utiliza os fios do próprio paciente de uma região que não é afetada pela calvície (parte lateral inferior do couro cabeludo).

No implante capilar, os fios sintéticos enxertados na área afetada apresentam um resultado imediato, entretanto, em pouco tempo, o organismo passa a rejeitar esses implantes, já que nenhum material utilizado é 100% biocompatível. Dessa forma, esse não é um procedimento comumente realizado no Brasil.

O transplante capilar, por outro lado, utiliza os folículos pilosos do próprio paciente, por isso, os resultados são muito satisfatórios e bem naturais.

Hoje, homens e mulheres ainda confundem os dois procedimentos e chamam o transplante de implante capilar. Por essa razão, a clínica do Dr. Fabrício trata os procedimentos como se fossem o mesmo, mas, na prática, a equipe realiza apenas o transplante capilar por meio das técnicas FUE e FUT, pois os resultados são melhores, mais seguros e mais naturais.

Implante capilar – principais técnicas utilizadas

Existem duas técnicas utilizadas para realizar o implante capilar: FUE e FUT. Na FUE (Follicular Unit Extraction), os folículos são extraídos individualmente com o auxílio de um instrumento chamado punch. Depois, cada folículo é separado em pequenos enxertos de até três fios, que são transplantados na área receptora. A cicatriz desse procedimento é puntiforme e, por ele ser mais detalhista, cada sessão só permite que sejam implantados 3.000 fios. O processo dura em torno de quatro horas e sua recuperação é bem tranquila. É indicado tanto para a calvície masculina, quanto para a calvície feminina.

Na FUT (Follicular Unit Transplantation), o cirurgião retira uma faixa do couro cabeludo em que os fios não tenham sido atingidos pela calvície. Essa técnica é menos demorada do que a FUE, mas deixa uma cicatriz linear definitiva no couro cabeludo.

Quando é possível notar os resultados do implante capilar?

Depois da cirurgia, é comum que os fios caiam e voltem a crescer em alguns meses. No quarto mês após a cirurgia, é possível notar os cabelos crescendo. No sexto mês consecutivo ao implante capilar, o paciente já apresenta cerca de 50% do resultado esperado e, em um ano, o resultado definitivo é obtido.

Como os fios não possuem os genes da calvície, uma vez que o cabelo tenha crescido, ele não voltará a sofrer com a queda definitiva.

Implante capilar é indicado para quais situações?

Os homens procuram mais o transplante capilar do que as mulheres, pois são os mais afetados pela calvície. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, estima-se que metade da população masculina pode perder pelo menos uma parte dos fios até os 50 anos de idade.

Essa disfunção do couro cabeludo é causada por herança genética, sendo que, nos indivíduos predispostos, a enzima 5-alfa-redutase reage com a testosterona e resulta em di-hidrotestosterona (DHT), hormônio responsável pelo afinamento dos fios e a consequente queda.

Entretanto, apesar da calvície ser o principal motivo que leva homens e mulheres a optar pelo procedimento cirúrgico, ele também é indicado para casos de alopecia de tração, cicatrizes no couro cabeludo, transplante de barba e transplante de sobrancelha.

Para decidir o melhor tratamento, no entanto, é necessário que o paciente passe por uma avaliação criteriosa do médico especialista, que irá diagnosticar o problema com precisão e indicar a forma mais adequada de tratá-lo. Em alguns casos, por exemplo, o tratamento é realizado por meio de medicamentos tópicos e por via oral, como o Minoxidil e a Finasterida. Se o paciente responde positivamente ao tratamento, é dada a sua continuação. Caso contrário, o implante capilar passa a ser uma boa opção.

Como é a recuperação após a cirurgia?

Apesar do implante capilar ser um procedimento longo, o processo de recuperação é rápido. Em geral, em 7 a 10 dias o paciente não tem mais a aparência que realizou a cirurgia. Os pacientes que têm uma rotina de trabalho em escritório conseguem voltar a trabalhar em dois ou três dias.

É recomendado que o paciente evite tomar sol a ponto de se bronzear por um mês. O uso de boné está liberado, no entanto, o uso de capacete só pode ser realizado após 10 dias. Atividades de lazer na piscina, rio ou mar, somente após 15 dias.

Deve-se iniciar a lavagem dos cabelos já no dia seguinte ao procedimento e existe uma técnica adequada para a lavagem. O método de lavagem é detalhadamente explicado no pós-operatório .

Além disso, fazer compressas com água gelada e tomar a medicação indicada ajudam a devolver a aparência natural da região. Todos os detalhes pertinentes ao couro cabeludo são transmitidos pelo cirurgião responsável, que analisa a situação de cada paciente.

Realize seu implante capilar na clínica do Dr. Fabrício Ribeiro!

Na clínica do Dr. Fabrício, você encontra todo o suporte necessário para o tratamento da queda de cabelo. Oferecemos uma equipe especializada, espaço equipado para oferecer máximo conforto e acompanhamento completo, seja para tratamentos realizados por meio de medicamentos ou por meio de implante capilar. Realize a sua avaliação online e agende uma consulta. Aqui, você obtém o resultado desejado com tranquilidade e segurança!