agende sua consulta
telefone
11 3266-2418
11 3266-2112
whatsapp
11 98752-2272

Cirurgia Plástica & Transplante Capilar | Dr. Fabrício Ribeiro

AGENDE SUA CONSULTA
11 3266-2418
11 3266-2112
Whatsapp11 98752-2272
Assista a entrevista com Dr Fabrício no Jornal da Record !

Assista a entrevista com Dr Fabrício no Jornal da Record !

Agende sua consulta



A abdominoplastia ou dermolipectomia abdominal é uma cirurgia plástica que tem como principal objetivo a retirada do excesso de pele para melhorar casos de flacidez abdominal. Ainda, a plástica de abdome promove o fechamento da diástase de reto ou afastamento da musculatura abdominal.

Após a gestação ou mesmo grandes emagrecimentos , a pele pode não voltar ao seu estado original, provocando flacidez local, sobretudo abaixo do umbigo. A abdominoplastia permite a retirada da sobra de pele,  fazendo com que o abdome se torne firma e esticado.

Durante a gestação, para que o útero gravídico se acomode dentro da cavidade abdominal é necessário que ocorra um rearranjo da musculatura. Deste modo, há um afastamento dos ventres do músculo reto. Após o período gestacional, a musculatura tende a voltar a posição inicial, porém  o retorno não é completo, fazendo com que os músculos permaneçam afastados. Esse afastamento recebe o nome de diástase dos músculos retos.

A diástase promove alterações importantes no contorno corporal:

  1. Abaulamento do abdome: por mais magro que o indivíduo seja, o fato de possuir diástase da musculatura faz com que o abdome se torne abaulado. É o que muitas pacientes referem “como estômago alto”.

  2. Diminuição da cintura: Com a diástase ocorre diminuição da cintura,  o que compromete o contorno corporal.

Assim, nos casos de flacidez de pele e diástase do músculo reto, a cirurgia mais indicada para se ter o melhor resultado é a abdominoplastia.

Como é feita a abdominoplastia?

A cirurgia pode ser realizada com anestesia peridural ou geral . O período de internação é de 24 horas.

O procedimento inicia –se com a incisão transversa em abdome inferior e a pele é descolada até próximo das costelas. O próximo passo é o fechamento da musculatura, confecção de um novo umbigo e ressecção do excesso de pele. São posicionados drenos de sucção e finalmente é feita a sutura.

Recuperação

Em média, é possível retornar a dirigir e retornar ao trabalho 10 a 15 dias após a cirurgia.

No pós operatório é recomendado sessões de drenagem linfática. Nossa equipe sugere iniciar uma semana após a abdominoplastia, com uma freqüência de duas vezes por semana.

É necessário fazer uso de uma faixa elástica abdominal ou cinta elástica por um período de 4 a 6 semanas.  A função da malha elástica é manter a pele em contato com a musculatura para que ocorra uma cicatrização adequada.

O dreno de sucção é removido 3 a 5 dias após o procedimento. Não há necessidade de retirada de pontos, já que utilizamos fios absorvíveis. Exceto na cicatriz umbilical, cujos os pontos são removidos após 10 dias da cirurgia.

O exercício físicos podem ser retomados 1 mês a cirurgia. No entanto, deve–se iniciar com exercícios leves, como caminhadas,  e após dois meses pode –se retornar a musculação.

A exposição solar, principalmente com o bronzeamento apenas com 2 meses de pós operatório

O resultado definitivo da cirurgia é com 6 meses de pós operatório.

Quais as complicações da abdominoplastia?

Como todo o tratamento cirúrgico, na abdominoplastia também podem ocorrer complicações, como problemas anestésico, deiscência ( abertura de pontos) seroma, infecção necrose de pele, cicatriz hipertrófica.

A principal maneira de prevenir complicações é procurar um profissional especializado e seguir todas as orientações medicas.

 

 

Ficou com dúvidas sobre Abdominoplastia? Confira os posts abaixo no Blog do Dr. Fabrício Ribeiro:



WhatsApp Chame no WhatsApp!